Blog

10 Marketplaces para vender moda na internet

Usar os marketplaces para vender moda na internet é um dos melhores caminhos tanto para quem está começando do zero, quanto para quem já tem um negócio em andamento.

Uma das grandes vantagens desse modelo de negócio é que ele aumenta muito a exposição e vendas dos produtos dos varejistas parceiros e sem exigir qualquer investimento inicial. Só há uma cobrança de comissão sobre os pedidos fechados através do marketplace. E o preço do item também fica sob total controle de quem o oferece, que pode criar estratégias segmentadas para se posicionar melhor.

O grande trunfo destas plataformas é a altíssima audiência e atratividade/referência aos consumidores de internet.

A expressão marketplace deriva do inglês (market = mercado / place = lugar) e se refere aos espaços onde as pessoas se encontravam para realizar trocas, compras e vendas de produtos. Algo similar aos shopping centers e supermercados.

 

Conheça os 10 principais marketplace para vender moda na internet

  • Mercado Livre

O Mercado Livre é um dos marketplaces mais famosos do Brasil. Para você ter uma ideia, o site recebe em média 300 milhões de acessos mensais.

Mesmo não sendo um marketplace específico para a venda de Moda, a categoria representa boa parte das vendas do Mercado Livre, o que acaba atraindo a atenção de grandes marcas…

É sério. Hering, Levis, e Reserva são só alguns dos grandes nomes que mantêm lojas oficiais dentro do marketplace.

Leia mais: Como vender mais no Mercado Livre

 

  • Via Varejo

A Via Varejo é responsável pelo controle de grandes portais de E-commerce no país, como: CasasBahia.com.br, Pontofrio.com, Extra.com.br, além do Barateiro.com.

Juntos, os sites contam com mais de 59 milhões de visitas mensais de clientes buscando os mais variados itens, incluindo moda e acessórios.

Grandes marcas como Havaianas e Mormai já estão por lá e o marketplace abrange as categorias de produtos masculinos, femininos, infantis e linhas de acessórios.

 

  • Amazon

A gigante do varejo mundial chegou ao Brasil investindo pesado. A Amazon é o maior Ecommerce do mundo e precursora do modelo de marketplaces, contando com mais de 20 anos de experiência neste modelo de negócio.

A empresa passou a comercializar roupas no Brasil em agosto de 2018 e vem se posicionando como uma forte concorrente de outros grandes marketplaces do segmento.

Atualmente, é possível vender as categorias de: moda feminina, masculina, infantil, esportiva e acessórios.

 

  • Dafiti

Dafiti é um dos portais de moda mais reconhecidos no Brasil. A empresa foi fundada em 2011 e é considerada uma das principais responsáveis pela popularização das vendas de moda pela internet. Inclusive, foi o primeiro Ecommerce a vender calçados no Brasil de forma 100% online.

Atualmente, o marketplace conta com mais de 10 milhões de visitantes únicos mensalmente, que navegam pelas centenas de categorias e marcas disponíveis no site.

Inclusive, a Dafiti é considerada como o maior Ecommerce de Moda lifestyle da América Latina e, em 2015, após fusão com as lojas Kanui e Trincae, criaram um dos maiores grupos de Moda do Ecommerce brasileiro.

Resta alguma dúvida de que é muito importante você vender por lá?

 

  • Kanui

A Kanui iniciou suas operações em 2011 e em pouco tempo se tornou o maior Ecommerce ligado a moda masculina e esportiva do Brasil.

Em 2015, a Kanui uniu suas operações a Dafiti, o que ajudou a consolidar ainda mais a presença do marketplace. São milhões de acessos mensais e forte presença nas redes sociais, atingindo em maior parte o público jovem.

A plataforma ficou conhecida pelas promoções do tipo leve 3 e pague 2. Responsáveis por atrair grande volume de pedidos para os lojistas participantes

 

  • Trincae

A Trincae foi fundada em 2011 para se tornar referência em produtos direcionados para o público infanto-juvenil. No seu portfólio estão brinquedos, móveis e, principalmente, muitas roupas.

A Trincae é mais uma marca que se fundiu ao Dafiti Group, o que acelerou ainda mais a relevância do seu marketplace.

Então, se você é do nicho infantil, esse é um lugar que precisa marcar presença.

 

  • Magazine Luiza

O Magazine Luiza é uma das empresas de maior sucesso no varejo brasileiro e que, ao longo dos últimos anos, passou por uma enorme revolução digital.

O Magalu é um dos Ecommerce mais premiados pelo seu atendimento e reconhecidos pela excelência em sua gestão. Fatos que acabam despertando o interesse de muitos parceiros.

O foco do marketplace está em eletrônicos e eletrodomésticos, mas isso não exclui a demanda por produtos de moda.

A categoria de moda e acessórios já existe no Magazine Luiza e podemos esperar maiores investimentos, afinal, o Magalu fez a aquisição da Netshoes, maior Ecommerce de lifestyle esportivo da América Latina.

 

  • Netshoes

A Netshoes é um dos maiores Ecommerces do país e o maior quando o assunto é esporte. Dentre as diversas categorias de produtos ligados ao mundo esportivo, os produtos de moda marcam presença.

O site possui mais de 50 milhões de visitantes mensais e uma marca amplamente reconhecida.

 

  • Enjoei

O Enjoei começou como um blog e, rapidamente, se tornou muito popular. Ao longo dos últimos anos, passou por uma série de investimentos até se consolidar com um dos maiores marketplaces para venda de roupas usadas.

O marketplace tem uma pegada mais descolada e foca, principalmente, em um público jovem. Além disso, trabalha a proposta de oferecer grandes marcas a preços mais acessíveis.

Ou seja: se você é revendedor de marcas famosas ou aposta no nicho de usados, indico que teste o Enjoei para vender online.

 

  • Elo7

Se a ideia é vender produtos artesanais e personalizados esse é o marketplace recomendado. O Elo7 nasceu em 2008 e, hoje, já conta com mais de 80 mil lojistas e 23 milhões de visitas mensais.

O Elo7 conta com uma categoria dedicada a produtos de Moda, desde roupas até acessórios, priorizando criações próprias e personalizadas.

 

Comece por um de cada vez
Agora que você já conhece todos esses marketplaces, o primeiro passo é simples: escolha um para começar.

Acesse todos, estude tudo sobre eles, converse com vendedores que estão por lá. Sim, invista tempo para conhecer muito bem cada um.

Depois disso, você deve escolher apenas um para começar e dominá-lo.

Gostou das dicas, entre para nosso grupo no telegram obtenha informações em primeira mão.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp