Blog

3 motivos para investir na modalidade EaD

Não é novidade, há algum tempo, que o Ensino a Distância se tornou realidade em todo o país, contribuindo para a graduação de estudantes em diferentes áreas do conhecimento.

E o mercado mostra espaço para muito crescimento da modalidade, atraindo ainda mais instituições e abrindo novas oportunidades para os interessados em ter um diploma no Ensino Superior ou uma segunda formação para atender diversas demandas de trabalho.

Então, quando falamos em bons motivos para investir neste formato de ensino é possível enumerá-los, como faremos a seguir.

Separamos 3 motivos principais para investir no EaD na sua instituição.

 

Motivo nº 1 – Inovação e novas oportunidades

A internet se tornou fonte de muitas mudanças para os brasileiros, que se adaoptam rapidamente a cada novidade que experimentam. As novidades tecnológicas surgem e quase que imediatamente conquistam milhares e até milhões de fãs. O Instagram Stories é um exemplo disso. Virou mania praticamente assim que foi lançado. Ao observar mudanças como estas no universo digital, a instituição de ensino tem a certeza de que inovar é preciso e aulas a distância, com uso de diversas tecnologias, agregando valor aos estudos é uma forma importante, não só de inovar, como também de se destacar entre a concorrência.

O importante no quesito inovação é não fazer mais do mesmo. Ao implementar mais cursos e opções Ead aos alunos, é importante pensar em toda a estrutura de negócio, logística, plano de aulas, cenários, gravações, divulgação dessa nova opção de ensino, tudo conforme indicações do MEC. Tudo para garantir que a inovação seja fonte de muitas oportunidades de crescimento e expansão da sua instituição acadêmica.

 

Motivo nº 2 – Agregar o valor do EAD a outro modelo de ensino

No caso de instituições que oferecem tanto o modelo presencial quanto o modelo a distância, o maior investimento em EAD é incrementar o “menu” oferecido aos alunos.

Uma das possibilidades é seguir a tendência do Ensino Híbrido ou Blended Learning, que “junta vários aspectos para o aprendizado de origens, formatos e plataformas diferentes” e ajuda a colocar em prática conceitos como da sala de aula invertida.

Com EAD, este modelo dá ao aluno a possibilidade de ter um aprendizado mais personalizado, focado naquilo que realmente lhe interessa. O professor se torna um mentor e facilitador. Do outro lado, os encontros presenciais ganham novo contexto e maior importância porque será o momento de unir a teoria à prática, o que torna o aprendizado mais completo e o aluno, certamente, se torna mais motivado.

É por questões como essas que o ensino híbrido vem sendo considerado um dos modelos de aprendizado mais promissores ao mesclar momentos presenciais com o uso de tecnologia, como os ambientes virtuais de Educação a Distância, ajudando a construir uma educação mais personalizada e mais assertiva. Também por isso, dentro do EaD temos vertentes de ensino, que ajudam a fortalecer o modelo, como: cursos on-line e o e-Learning. Se você não sabe as diferenças dessas vertentes de ensino, acesse nosso artigo sobre o tema aqui (link para artigo 2)

 

Motivo nº 3 – Ter o EAD como parte da estratégia para retenção de alunos

Antes de partir para mais investimentos em EAD, é importante que a instituição de ensino mantenha uma rotina de avaliação frequente dos cursos que oferece.

O apoio de profissionais experientes no ramo é fundamental. Consultorias que tenham conhecimento em planos de aulas, estrutura e formato de Ead, podem ser importantes dentro da estratégia para retenção de alunos.

Além disso, é preciso conhecer mais sobre os alunos, aprender mais sobre seus comportamentos e interesses e assim ter pistas do melhor caminho a seguir.

Por isso, é necessário ampliar a interação e conseguir, por meio doa próprios estudantes, as respostas que tornarão seus cursos cada vez melhores, sempre pensando em presencial e Ead como estruturas complementares.

Sempre que possível, promova pesquisas de satisfação com questões que possam resultar em dados valiosos na decisão sobre o tipo de investimento em EAD. Será que o problema está no conteúdo? O material didático agrada aos alunos? E a plataforma, como é avaliada?

Lembre-se, oferecer apenas cursos e formatos variados, não é a chave para reter seus alunos. Mas sim, oferecer cursos de qualidade, organizados por quem entende e validados por quem os utiliza.

Quer saber mais sobre: consultoria pedagógica, técnicas audiovisuais, capacitação de professores para o EaD e soluções de marketing para esse tipo de negócio? Fale com a gente, a CRER-UP, foi idealizada para oferecer soluções completas para estruturar os cursos EaD da sua instituição.

 

Gostou do tema? Leia também:

EAD, e-Learning e cursos on-line: qual a diferença?

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp